quinta-feira, julho 27, 2006

Hospitais

Desde que vim para Lisboa, em 1992, a minha experiência com os hospitais desta zona não tem sido das melhores.

Em Coimbra sempre fui muito bem tratada em ambos os hospitais existentes (Hospital da Universidade e Hospital dos Covões) e nunca tive quaisquer razões de queixa.

Conto-vos agora as minhas experiências por cá e digam-me lá se acham isto normal.
Em 1993, estava eu no meu primeiro ano da Faculdade, tive a minha primeira infecção urinária :( Nessa altura, morava num quarto alugado na zona da Ajuda. Dirigi-me assim ao hospital mais próximo, o Hospital S. Francisco de Xavier no Restelo. Chegada aí, fui atentida pelo médico que faz a triagem dos doentes. Perguntou-me os meus sintomas, receitou-me alguma medicação e mandou-me embora. Assim, sem quaisquer testes ou análises.
Fui para casa. Passado um mês, durante uma aula, comecei a sentir-me muito mal. Saí da sala, fui à casa de banho e deram-me umas dores horríveis, praticamente insuportáveis, e estava a sangrar imenso. Adivinhem? Pois é, a infecção tinha voltado mas mais forte do que nunca.
Arrastei-me até ao Hospital de Santa Maria. Dirigi-me à recepção e a funcionária perguntou-me a morada. Inocentemente, disse-lhe que morava na Ajuda. Erro crasso. Fui mandada embora porque aquele não era o meu hospital, tinha de me dirigir ao hospital da minha residência. Tentei argumentar dizendo que era aluna da Faculdade de Letras, que estava a ter aulas naquele momento, se não me podiam atender. Não resultou de nada.
Apanhei um táxi e fui, novamente, ao S. Francisco de Xavier. Já bastante irritada e cheia de dores, entrei a reclamar com tudo e todos. Conclusão: atenderam-me muito bem, fizeram-me todos os teste e análises possíveis e até me disseram que se estivesse grávida eles “tratariam do assunto”. É impressão minha ou o aborto era e é ilegal em Portugal?
Passados 13 anos, tive, novamente, necessidade de me dirigir a um hospital. Desta vez aconteceu algo irreal.
Na semana passada senti-me mal. Ao deitar-me, comecei a ter dores no baixo ventre, mas não dei grande importância. No entanto, às 4h da manhã, as dores tornaram-se insuportáveis e lá fui eu e o R. para as urgências do Hospital Amadora/Sintra.
Fui à triagem, deram-me prioridade amarela, esperei 20 mintos e fui atendida. Nada mau! A médica que me atendeu mandou-me fazer análises à urina e ao sangue. Depois, já com os resultados em mãos, diz-me que “parece ter uma infecção, mas não estou a ver o que é”. Faz-me mais perguntas acerca dos sintomas que tenho e finaliza com: “a menina agora dirige-se ao seu médico de família. Ele que a mande fazer uma ecografia e repetir as análises. Pode ir.” Imaginam a minha cara de espanto, não imaginam? Perguntei-lhe então se não estava no hospital e se não era ali que me podiam fazer todo o tipo de testes necessários. “Não, a menina tem de ir ao seu médico.” “Mas eu não sou de cá”, disse-lhe, “sou de Coimbra e estou aqui de passagem, como é que faço agora? Estou com dores horríveis, mal consigo andar.” Aí, manda administrarem-me um soro que contém medicação para as dores e pede-me para falar com ela no final. Lá fui, só para ouvir: “pode ir embora agora”.
Fui para casa e, nesse mesmo dia, ao meio-dia, as dores voltaram mais fortes do que nunca.
Voltei ao hospital, reclamei da forma como me tinham tratado e fui recompensada com uma injecção no rabo. Novamente um analgésico para as dores. Receitaram-me antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios, porque eu pareço ter uma infecção.
E pronto, até hoje não sei o que tive e lá vou eu ao meu médico de família para fazer uma ecografia e mais análises.

Mas alguém acha isto normal?




Foto: Hospital Fernando Fonseca (Amadora/Sintra)

11 comments:

Blogger fantasma said...

Infelizmente, tratando-se do Amadora/Sintra, acho isso tudo normalíssimo....
A minha avó já lá esteve algumas vezes com muitas razões de queixa, perdem os exames, uma vez mandaram um exame aos olhos para um cardiologista!! Eu há uns 6 anos fui lá porque tinha uma borbulha muito feia, com um pus qualquer, que me estava a deixar preocupada. Como o dermatologista não estava, atendeu-me outro médico, que me disse que podia ser varicela. Eu tinha UMA borbulhonga. UMA! E que mandou para Santa Maria, onde, claro, reclamaram que eu não era dali e blá blá, mas lá me deixaram ir ao dermatologista.... Enfim.
É por causa destas que a última vez que precisei duma urgência hospitalar fui à CUF das Descobertas. Enquanto eu puder pagar, e tiver livre vontade, não me voltam a apanhar no Amadora/Sintra (nem em qq hospital publico, provavelmente...)

Espero que já estejas completamente bem, amiga. Bjoss grandes!!

12:57  
Blogger syrin said...

[[[flor]]]
Realmente, que experiências.
Eu felizmente nunca tive problemas de maior, mas também nunca fui para as urgências...
As melhoras!

13:12  
Blogger Teresa said...

Ai. é mesmo de estarrecer. Eu as poucas vezes que precisei não tenho razão de queixa de S José - mas claro, o governo decidiu fechar esses hospitais, não vão durar muito mais tempo.

13:55  
Blogger Virgulina said...

Normal não é, mas nada me surpreende já, o atendimento nos nossos hospitais deixa muito a desejar! :o(

17:06  
Blogger fantasma said...

A minha "urgência hospitalar" resolvia-se com uma consulta e exames, claro que se for uma coisa grave tenho de ir para o caos... :(

17:29  
Blogger PA said...

Nada normal.
Eu cá escrevia um textinho muito bem escritinho e ia directa ao livrinho encarnado...

19:42  
Blogger Bluejustin said...

Infelizmente já me aconteceu bem pior, episódios que até prefiro esquecer.A sorte é que tenho pecisado pouco e quando o R. nasceu fui muito bem tratada e foi hospital público.

22:37  
Blogger papalagui said...

((((flor))))
Infelizmente situações dessas são comuns. O meu pai esteve sete horas deitado numa maca no corredor no hospital. A minha mãe foi perguntando por ele e disseram-lhe que estava a fazer exames. O meu pai recuperou e veio embora sem sequer lhe terem tocado... Espero que tudo se resolva pelo melhor. Bjs grandes

15:22  
Blogger Psyche said...

aconteceu-me exactamente a msm coisa no S.Francisco Xavier...jurei para nunca mais!

(aka borbolletta)

00:33  
Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... awnings spain Surgery malpractice settlement Professional moving companies md golden shower pee piss isabella awnings supplier yorkshire doncaster incorporate in greece

05:47  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! Dvd player dvd r http://www.asian-sexgirl.info/Interracial_mistake.html Internet web designer northwich

00:16  

Enviar um comentário

<< Home